Publi Saúde

Estudando os riscos da lipoaspiração Passo Fundo, Rio Grande do Sul

Avalie a segurança da cirurgia de lipoaspiração. Entenda sobre a cicatrização e os prazos do pós-operatório. "As células gordas que são removidas na lipoaspiração não voltam a crescer. Se o paciente mais tarde perder ou ganhar peso, estas mudanças serão distribuídas proporcionalmente pelo corpo", destaca o autor

Marcos Furian Ardenghy
(55) 3221-8019
R Doutor Bozano 87
Santa Maria, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Jorge Guilherme Nacul Moojen
(54) 3313-6688
Rua Uruguai 1258
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Henrique Luiz Oliani
(54) 313-4951
R Uruguai 1555 - Sl. 41
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Marcello Stefenon
(54) 3312-6504
Uruguai 2001 - Sl. 712Bl. B
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Jorge Henrique Fonseca Ely
(51) 3225-2555
Rua Professor Annes Dias 154 - Cj. 1803
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Ernani Clovis Bulow
(55) 3223-4057
Pinheiro Machado 2350 - 807 B
Santa Maria, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Roberto Tussi
(54) 3311-7249
R Teixeira Soares 879 - Sl. 604
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Waldecir Chiarelo Canzi
(54) 3313-2111
Rua Uruguai 2001 - 912B
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Marcello Stefenon
(54) 3312-6504
Uruguai 2001 - Sl. 712Bl. B
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Fernanda Ferreira de Camargo
(51) 3222-3453
R Padre Chagas 185 - Sl 603
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Estudando os riscos da lipoaspiração

Fornecido por: 

Riscos e informações relevantes sobre lipoaspiração
Image Veja os principais problemas relacionados a lipoaspiração.

1. Riscos da lipoaspiração .
Qualquer cirurgia envolve o risco de infecção, hemorragia, cicatrizes ou lesão grave; no entanto, a lipoaspiração tumescente tem um nível espantoso de segurança. Uma das razões da lipoaspiração tumescente ser tão segura é porque não é necessário nem anestesia geral nem sedação endovenosa. Um estudo recente envolvendo mais de 15.000 pacientes que se submeteram a lipoaspiração sem anestesia geral não revelaram nem complicações graves, nem infecções, nem hospitalização, nem transfusões sanguíneas, nem mortes. Os maiores riscos da lipoaspiração são aqueles associados com a anestesia geral. Evitando a anestesia geral, os risco da lipoaspiração são muito reduzidos.
O paciente tem aqui um papel importante ajudando a minimizar os riscos de complicações cirúrgicas, evitando medicamentos que possam afetar a cirurgia. O paciente deve informar ao cirurgião de toda e qualquer medicação que esta fazendo uso regular ou ocasionalmente.

2. Riscos de irregularidades na pele .
A lipoaspiração usando microcânulas é a técnica que tem menor probabilidade de causar qualquer irregularidade significativa ou visível na pele. Aumentando a gordura subcutânea a técnica tumescente permite uma remoção mais rigorosa da gordura, com maior segurança, visto que a cânula de lipoaspiração não se aproxima inadvertidamente da pele, o que pode causar irregularidades. Assim a técnica tumescente, ajuda a minimizar o risco de irregularidades da pele. A lipoaspiração pode melhorar as irregularidades preexistentes da pele, como a “celulite” ou "depressões". É irrealista esperar uma pele perfeitamente lisa. Um observador casual não detecta qualquer irregularidade na pele. No entanto, é possível que uma pequena irregularidade da pele visível possa ocorrer e requerer um pequeno “retoque”.

3. Risco de cicatrizes na pele .
As perfurações feitas para inserir as cânulas são normalmente de cerca de 2 a 3 mm de comprimento e são geralmente  invisíveis uma vez cicatrizadas. Embora você possa ser capaz de as encontrar num exame de perto, a maioria das outras pessoas não são capazes de ver. Alguns pacientes notam que as suas pequenas cicatrizes tomam um tom escuro que usualmente desaparece ao fim de alguns meses. Existe també...

Clique aqui para ler este artigo no Publi Saúde